quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Pedido Amigo

Queres uma poesia?
Irei criar um personagem inspirado em você.
Um herói de verdade!
Ele terá:
A lealdade de um cavalheiro.
O encanto de um mago.
O abraço de uma mãe.
Ele falará de amor e liberdade,
enquanto sufoca seu amado com um travesseiro num motel barato.
Ao fundo tocará uma canção quente e dançante,
porém que nos permita chorar.
O final deste poema-cena, será digno de aplauso...e vaias de insensíveis corações.
Encurvarei a você sem perder seus olhos de vista,
para agradecer a todo dia que lhe tenho:
Boa Pessoa.

Barbara Teodosio

1 comentários:

Tiago Junqueira disse...

Sorriso de menina
Peito de Mulher
Ela busca o amor
Mas que amor?
Ela grita, ela esperneia, ela chora...
Busca na amizade respostas
Eles riem dela, do seu jeito Tipo assim
Mas se mantém firme
Eles sabem o que estão falando?
Eles sabem o que é amor?

Com a boca nua,
Com sede de prazer
Ela corre desesperada
Pois seu destino é caminhar assim
Pois nunca é tarde, nunca é demais
Na espera desse amor pintado com as imaginações
De uma atriz em seu camarim
Mas que atriz?

Ela fingi, fingi, fingi
Até atingir o seu ser
De atriz!
De nome forte
Que faz da vida a sua boca de cena
E da coxia onde libera seus devaneios o seu real prazer!

Postar um comentário